Entre Caixas e Chaves

Compartilhe:Share on Facebook4Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Dica de brincadeira com etapas divertidas para deixar a sua aula mais dinâmica e a sua turminha bem animada

pessoa e caixaPara esta atividade você vai precisar de elementos que foram usados em atividades anteriores: várias chaves e caixinhas (ambas, se possível, de tamanhos e cores diferentes). Dentre as caixas, uma deve ser maior e estar trancada por um cadeado (que só pode ser aberto por uma das chaves).

Utilize um número de caixinhas equivalente ao número de crianças da turma (para que todas participem). Distribua as chaves pelas caixas e, dentro de cada uma, inclua também uma sugestão de cena descrita em um papelzinho.
Na caixa maior, que estiver trancada, você deve colocar alguns livros com histórias que podem ser encenadas pela turma.

Estipule uma ordem de participação da turma (pode ser através do número maior no dado). Seguindo essa ordem, uma criança de cada vez deve escolher uma caixa. Você deve ler pra ela a cena que estiver dentro da caixa escolhida. Caso a cena precise de mais pessoas para ser realizada, peça para que ela escolha alguém da turma para ajudá-la.

As demais crianças devem assistir à cena. Ao final da apresentação, pergunte o que acharam. Se a maioria tiver gostado, a criança que escolheu a caixa deve guardar com ela a chave que estava lá dentro. Em seguida, uma outra criança deve escolher uma caixa e assim a brincadeira vai se desenrolando.

Ao final da atividade, quando todas as caixas tiverem sido abertas, as cenas apresentadas e as chaves já estiverem com as crianças, peça para que uma de cada vez teste, na caixa trancada, as chaves que conquistou. A criança que conseguir abri-la, deve escolher dentre todos os livros que estiverem lá dentro, o que vai ser utilizado para a dramatização da turma.

SUGESTÕES DE CENA (para você colocar nas caixas):

1 – Criança cultiva uma flor, uma outra vem e a arranca, dizendo que vai dar de presente para alguém.
2 – Criança dançando animada numa festa, uma outra vem e diz que tem um furo na sua calça.
3 – Criança triste porque queria muito brincar com um brinquedo que ela não tem, um amigo então, lhe empresta.

(e assim por diante)

IMPORTANTE:

  • Ao invés de livros de história, você pode colocar na caixa trancada papéis com sugestões para a história que será montada no dia. A criança que conseguir abrir a caixa deve escolher uma das sugestões e inventar a história (com a sua ajuda e a ajuda dos amigos).
    Exemplos: História de medo na casa mal-assombrada.
    História engraçada na festa.
    História de susto no Zoológico.
  • Ao fim de cada cena, antes de você entregar a chave para a criança, quando a turma for dizer o que achou da encenação, você pode distribuir entre as crianças da plateia plaquinhas com as imagens de “curti” e “não curti” (a mesma imagem, que pode ser usada virada para cima ou para baixo), para que cada uma a levante mostrando, assim, o que achou da cena realizada.
  • Dê sempre um jeitinho de apontar as coisas boas da cena que for realizada para garantir, assim, que a todas as crianças conquistem a chave da caixa que abrirem.
  • A atividade fica mais emocionante com muitas chaves. Você pode colocar mais de uma em cada caixa, aumentando, assim, a expectativa na hora de descobrirem a chave certa.
Compartilhe:Share on Facebook4Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone
Gostou de ler "Entre Caixas e Chaves"? Então curta abaixo nossa página e não perca este site de vista:

Deixe um comentário

Receba tudo por e-mail

Cadastre seu e-mail e receba gratuitamente sugestões de aulas e muito mais sobre teatro infantil:




error: Aulas Teatro Infantil - Todos os direitos reservados por Marcela Galvão. aulasteatroinfantil.com. Agradecemos caso tenha gostado e queira compartilhar nossos links de conteúdo através de suas redes sociais.

Powered by themekiller.com anime4online.com animextoon.com apk4phone.com tengag.com moviekillers.com